Talking About – Solution


Olá Galera,

Em meio a algumas mudanças no game, boatos e manifestações: VAMOS AS SOLUÇÕES!!!



Tratando das mudanças sugeridas por Fabian Balbinot, onde ele mesmo propõem uma FASE DE DESCARTE antes da própria fase de combate de cada jogador, confesso que achei legal! Gostei mais do fato de esta ser uma sugestão que players fizeram na net (me refiro ao limite de cartas nas Mãos), do que a própria alteração em si.

Alguns Players experientes de BS já haviam indicado este ponto a ser alterado no card game, jogadores como Ramon Torres já haviam feito esse paradoxo com referência a outros cards games, onde o limite de cards na mão é umas das regras de Ouro do Game (com exceção do querido Pokémon TCG).

Julgo que essa regra é necessária (apesar de testá-la bem pouco até agora), a mão inicial de 10 cards e um limite máximo de 7 cards na mão (na fase de descarte) dá mais originalidade ao game (apesar de parecer mais complicado), essa tendência de regra confirma o sistema de “jogar pela iniciativa”, muito comum em São Paulo e em todos os torneios de nível de BS (na versão 3.0), onde 90% dos casos, o Player que abre a mesa primeiro vence o match. Essa forma de jogar ao meu ver parece mais legal, alguns podem dizer que ela não é justa, pois favorece DEMAIS o Player que abre a mesa primeiro. Bom, o jogo está em evolução, não podemos perder tudo que foi criado até aqui, não podemos simplesmente “Banir” os cards em função de uma nova tendência. QUEM MUDA O JOGO SOMOS NÓS!!! Sugerimos opções nas regras para o “desinfeliz” que segura pra caramba e vence o match e "voilà" ... Eis a opção! Uma regra alternativa que tem tudo pra dar certo.



Em resumo, achei bacana a regra, ela vem pra solucionar um problema do jogo e criará outros, isso é normal (rs)! Entretanto ela não existiria se antes de mais nada, nós procurássemos opções contra aquele deck chato que “segura pra baixar” e mostrássemos a este oponente que o êxito dele com aquele deck seria baixo, ao contrário disso quando enfrentamos um deck bom, na maioria das vezes ao invés de criar algo pra combate-lo, o copiamos. Dr.José Loureiro costuma dizer que BS é um jogo de CONTRA-ATAQUES, bom, talvez isso mude um pouco. Mas algo devemos ao Fabian com essa medida ele decretou: “O fim do Pink Floyd” e “Mandou o Rato elétrico pra Pokebola”.

Antes mesmo da possibilidade da regra surgir, eu estava testanto a versão 3.0 do “SO POWER”, que rodou muito bem contra MAGIA, PIKACHU, HEROES... Só não venceu o “The Wall”, mas creio que isso não será mais um problema (no futuro).

Segue o deck list (que garanto ser uma boa solução, com ou sem a nova regra):

SO POWER 3.0

26 PERSONAGENS
3 BOMBA –A
2 HULK ET
2 FANÁTICO
TÁ NA HORA DO PÁU!!!! kkk
3 THOR UM
3 WAR MACHINE
2 RINO
3 HOMEM DE FERRO
3 CABLE
2 CAP. AMÉRICA
3 CAP REI (O BOM!)
13 CENÁRIOS
3 CONC. REFORÇOS
3 RET. ESTRATÉGICA
3 FOGO CRUZADO
2 EXP. ERRÁTICA
2 EXP. CERTEIRA
21 HABILIDADES
3 PROTEÇÃO
3 GRANADA DE MÃO
3 LANÇA-MÍSSIL
2 ROMP. PRECISÃO
1 MJONIR
1 ESC. CAPITÃO AMÉRICA
3 ROMP. BRUTALIDADE
3 ONDA DE CHOQUE
2 SUPER SOCO ET


Comentários: O deck vence com certa facilidade o trio MYSTÉRIO, DR. ESTRANHO e F. ESCARLATE, abrindo antes ou depois do oponente.

AÇÕES: Abra a mesa o mais rápido que puder (usando “convocar reforços” ou não); priorize baixar BOMBA – A antes de qualquer outro personagem; guarde umas RETIRADAS ESTRATÉGICAS pra salvar os grandões; faça os Cálculos Corretos na hora de escolher a VIDA dos personagens a serem baixados (forçar o oponente a fechar 3 ou mais personagens pode atribuir a vitória a você).

NOVIDADES: PORTAL PARA O MICROVERSO e SUGESTÃO COLETIVA, estão aparecendo menos nos torneios, um deck de SUPER FORÇA virou opção real.

Pretendo testar este deck no 5º Torneio de Jundiaí (18/05), depois postarei o resultado.

Saudações a todos e boa diversão!!!


Vamo que vamo.


Comentários

  1. ai sim hein?? mas acho que essa regra nova do fabian, veio para ficar.. mas achei que podereia ser 10 cards na mão.. já que vc compra 10 para iniciar o game. mas enfim.. mto boa a matéria!! :D

    ResponderExcluir
  2. Olá Daniel, pensei na mesma linha! Exatamente igual, limite de 10 cards na mão talvez seria melhor (pela mao inicial e pra não matar os decks Stomp), entretanto, Fabian mencionou que há uma razão pra ser 7 cards! Só não sei se a nova regra de Muligan é condisente com essa nova regra. Vou exemplificar:

    CÉSAR ITO (Player de Jundiaí), tem jogado com um deck de ELASTICIDADE com ROUBO DE IDEIAS e ARRANCAR DAS MÃOS, ele abre com capangas... Groxo... Sr. Fantático... Usa S.PLANO DE DOMINAÇÃO e faz vários ROUBO DE IDEIAS e ARRANCAR DAS MÃOS no mesmo turno.

    Refletindo sobre este caso, se você perder no dado e não abrir no 1º turno, Parabéns! Você perdeu o Match!!!

    Talvez seja necessário rever o Muligan também pois a mão inicial será mais decisiva do que nunca. Precisaremos montar decks com mais personagens, colocar 3 CONVOCAR REFORÇOS no deck e criar o hábito de abrir o game mais cedo!

    Obrigado pelo comentário, Abraço.

    Airon Toledo

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas