Talking About – “Abrindo o jogo”...


Olá Galera,

Hoje vamos falar sobre umas das grandes diferenças de um Player de nível avançado em relação a um de nível intermediário: “O momento de abrir o jogo”.

Confira!!!



Túnel do tempo:

  Em UNIVERSO MARVEL (UM), o jogador podia ter calma... Pensar bem e abrir quando lhe conviesse (Adorei este momento do game pois meus deck de S.FORÇA eram “jogáveis”, era só acelerar a saída, abrir primeiro, fazer um “FOGO CRUZADO” e atacar ), entre os maiores problemas que ele enfrentaria estava: seu oponente “DESPEDAÇAR A REALIADE” umas sete vezes (em um deck de QUARTETO), tentar te “deckar“ com um deck de “DESPEDAÇAR + VINGADORES” ou montar “ATRASAR + CIRCUNDAR” na sua frente.

  Em EVOLUÇÃO TÁTICA (ET), vimos várias modificações no game: TOUPEIRA MECÂNICA, SUGESTÃO COLETIVA, EXPLOSÃO CERTEIRA, GARRAS IMOLADORAS, ROUBO DE IDEIAS e afins. Isso obrigou os Players a “abrir mais cedo” (de modo geral), pois estávamos na era de LOKI e um bando de ações imprevistas.

O QUE HÁ EM COMUM ENTRE PLAYERS VITORIOSOS NAS DUAS GERAÇÕES DO GAME?

(UM = VANDRÃO, RAMON TORRES, DANIEL LOUREIRO, GUDY...)
(ET = WALLACE YASSAKA, ÁTILA FERREIRA, ARTUR TOLEDO, PH FARIA, RODRIGO ASSUMPÇÃO... )

  Bem, um dos pontos em comum entre todos esses Players nas versões 1.0 e 2.0, não é o “Tony Stark”, “Wolverine” ou mesmo a TOUPEIRA MECÂNICA. O fato primordial é que independente das estratégias adotadas pelos Players, eles sabiam exatamente: “O MOMENTO DE ABRIR O JOGO”.

  Todos os Players vitoriosos sabiam se o jogo estava confortável, se podiam esperar mais pra abrir (com seus personagens), ou se deviam abrir o jogo naquele momento (se quisessem vencer). Muito mais que cálculos matemáticos perfeitos BATTLE SCENES exige um “feeling” (sei que parece meio suspeito...rsrs Mas não estamos falando do “coração das cartas”, estamos falando de vivência de jogo), os jogadores de níveis mais avançados conseguem perceber coisas complexas antes mesmo do oponente fazer o primeiro personagem, apenas analisando o recurso do oponente, por exemplo, pode-se perceber: “se posso esperar bastante pra abrir”, “se devo abrir a mesa cedo”, “se estou enfrentando um deck antecipador ou frágil contra antecipações”, “se devo esperar (do meu oponente) um CONCENTRAR PODER”, “se alguém irá derrubar meus cenários (SUGESTÃO COLETIVA/F.ESCARLATE)”, “se terei sucesso em minhas antecipações (ESC. SECRETO/ARM. REFORÇADA)”... Há até quem use INVOCAR O RELÂMPAGO pra fechar o diagnóstico (kkkkkk)!



Observação: Um detalhe legal e relevante ao assunto é o DESCARTE INICIAL, pois ele indica o anseio do oponente em “ABRIR O JOGO PRIMEIRO”. Caso seu oponente seja o primeiro a jogar, analise o descarte dele veja as cartas descartadas e quantidade de cards descartados ANTES mesmo de fazer o seu descarte,  caso o “desenfiliz” faça um descarte inicial muito agressivo (7 cards por exemplo), podemos esperar certamente um CONVOCAR REFORÇOS, vindo da mão inicial ou proveniente do efeito de um MYSTÉRIO (neste momento você precisa: 1 – abrir a pasta em sua mente pertinente ao deck que está usando no momento; 2 – digitar: Ctrl+F e procurar uma solução para resolver uma “Abertura Veloz”; 3 – Caso não haja ou você não conheça o deck que está usando: PARABÉNS!!! Você acaba de perder o jogo antes do seu descarte inicial...kkkk)

  Confesso que no meu ponto de vista, se familiarizar com o jogo, com o próprio deck e com o “METAGAME”, é a forma mais rápida de se obter bons resultados em torneios (entretanto, que fique claro que não sou bom jogador, apenas gosto de montar decks). Aumentar o número de personagens no deck também pode ajudar (todos aqueles que não jogam de controle ou genialidade), pois muitas vezes é possível vencer mesas “terroristas” apenas baixando 2 personagens antecipadores com 4 de vida, como isca ou chamariz (mesmo sabendo que serão nocauteados), com o intuito de desarmar e/ou cansar os personagens do oponente, assim sua segunda “horda”  de vilões ou heróis você deve definir a partida (antecipação parece ser mesmo o caminho! Mais até que as ações imprevistas! Então: PREPAREM OS LANÇA-MÍSSEIS...rs).

SOBROU ESPAÇO PRA MAIS DOIS PERSONAGENS NO DECK E VOCÊ NÃO SABE QUEM COLOCAR?

RESPOSTA: Coloque 1 DEADPOOL ET e 1 MOTOQUEIRO FANTASMA, mesmo que não haja habilidades legais pra eles nos deck, pois com esse dois caras no deck (sendo 1 de cada mesmo) você se sentirá como se tivesse 30 personagens no deck, e dará mais opções reais para a TOUPEIRA MECÂNICA de seu oponente! (kkkkk)

Por hoje é isso ai! Espero que tenham gostado...


Vamo que vamo.



Comentários

  1. Fala Airon,

    Ficou legal a materia, vou seguir esses conselhos seu para tentar melhorar minha jogabilidade e melhorar meu desempenho nos torneios, pois recentemente não venho demonstrando resultados positivos.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Fala Pedros,

    Teu deck mudou muito e isso te atrapalhou... Tente definir o deck rapidamente e terá mais sucesso nesse semestre!!! PIKACHU ainda vai detonar por ai...rs

    Abraço, Airon

    ResponderExcluir
  3. Boa Airon, realmente muitas partidas são ganhas no erro do cara em abrir no momento certo, ou eu mesmo perco algumas por abrir cedo, um dos segredos de ganhar esta ai

    ResponderExcluir
  4. Olá Átila, de fato é verdade... O momento escolhido pra abrir o game tem muita importância na decisão do match. Obrigado por comentar!

    Abraço, Airon

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas